Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Sobre a vacina

O RS recebeu dois tipos de vacina contra a Covid-19 liberadas para uso, totalizando 2.216.450 doses:
Coronavac – 2.608.800 doses
Oxford/Astrazeneca - 554.350 doses

Coronavac

O RS recebeu, do Ministério da Saúde, 1.352.600 doses da vacina contra a Covid-19, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac (341,8 mil no dia 18/1; 53,4 mil no dia 25/1; 193,2 mil no dia 07/02; 84,2 mil no dia 24/02; 174,8 mil dia 03/03; 187,8 mil dia 09/03; 318,2 mil dia 17/03; 285,8 mil dia 20/03; 227,4 mil dia 26/03; 600,4 mil dia 02/04; 141,8 mil dia 08/04).

Pesquisadores do Instituto Butantan, que liderou os testes com a CoronaVac no Brasil, divulgaram que a eficácia geral da vacina foi de 50,4% em voluntários que receberam duas doses com intervalo de 14 dias. O instituto também informa que a vacina foi 78% eficaz na prevenção de casos leves de Covid-19 e 100% em evitar quadros moderados e graves.

O laboratório Sinovac informou ainda que um estudo clínico com a CoronaVac realizado no Brasil mostrou que o imunizante foi mais eficaz em um pequeno grupo que recebeu a segunda dose do fármaco com um intervalo maior, chegando à taxa de proteção de 70% com um período de três semanas entre as doses.

A Secretaria da Saúde recomenda que a segunda aplicação da Coronavac ocorra 28 dias depois da primeira.

Oxford /AstraZeneca

O RS recebeu, do Ministério da Saúde, 251 mil doses da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório AstraZeneca (116 mil dia 24/01; 135 mil dia 24/02; 36.250 dia 20/03; 62,6 mil dia 26/03; 44.750 dia 02/04; 159.750 dia 08/04). Essas doses foram importadas da Índia pelo MS. O lote será direcionado ao grupo de trabalhadores da saúde, priorizando aqueles que estão na linha de frente no atendimento às pessoas com a doença.

A vacina da Oxford/AstraZeneca, que tem no Brasil acordo com a Fiocruz, tem a segunda dose prevista para 12 semanas após a primeira.

Coronavírus